Menu

Versão
impressa

Edição impressa
Menu
Busca

Pelo País

Vale dá início a protocolo de emergência em barragem em Nova Lima

Empresa afirma que medida é preventiva

29.07.20 16:58

A empresa informou que a barragem de rejeitos foi construída com solo compactado.  (Sofia Khlebnikov | Unsplash)

A empresa informou que a barragem de rejeitos foi construída com solo compactado. (Sofia Khlebnikov | Unsplash)

A Vale começou hoje (29), de forma preventiva, o protocolo de emergência em nível 1 da barragem 5, da Mina da Mutuca, em Nova Lima, Minas Gerais. De acordo com a mineradora, esse protocolo não determina a evacuação da população. A empresa informou que a barragem de rejeitos foi construída com solo compactado, com um alteamento para jusante e não recebe mais rejeitos de mineração.


“Tal protocolo é uma medida preventiva e consequência da mudança de critério técnico, com nova interpretação dos parâmetros de resistência realizado por etapa adicional de avaliação das estruturas da Vale no Brasil após a implementação, em janeiro deste ano, da função de Engenheiro de Registro ("EoR")”, acrescentou em nota.


A Vale assegurou que inspeções mais recentes não identificaram anomalias que possam comprometer a segurança da estrutura. “A barragem 5 teve sua Declaração de Condição de Estabilidade ("DCE") emitida em 31 de março de 2020. Entretanto, a partir dos novos parâmetros observados, a DCE se tornará negativa”, completou.


Conforme a mineradora, o acionamento do nível 1 da barragem 5, da Mina da Mutuca “não impacta o plano de produção de 2020, conforme apresentado no Relatório Produção e Vendas do 2T20”.

DESTAK EDITORA S.A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização expressa. Copyright – Termos de uso