Menu

Versão
impressa

Edição impressa
Menu
Busca

Arte

Banksy financia barco de resgate de refugiados

O barco resgatou 89 pessoas, incluindo 14 mulheres e quatro crianças

30.08.20 12:52

Batizada de “Louise Michel” em homenagem a uma anarquista feminista francesa (Reprodução Instagram)

Batizada de “Louise Michel” em homenagem a uma anarquista feminista francesa (Reprodução Instagram)

O artista de rua britânico Banksy está financiando um barco para resgatar refugiados no Mediterrâneo que tentam chegar à Europa vindos da África, informou o jornal The Guardian.
O barco resgatou 89 pessoas, incluindo 14 mulheres e quatro crianças, no mar na quinta-feira, segundo o jornal, e a tripulação estava tentando transferi-los para um navio da guarda costeira europeia ou desembarcá-los em um porto.
Batizada de “Louise Michel” em homenagem a uma anarquista feminista francesa, a embarcação tem uma ilustração de uma garota segurando uma boia salva-vidas em forma de coração ao estilo de Banksy, com estêncil, de acordo com uma foto no jornal.
Tripulado por ativistas europeus experientes em busca e salvamento, o barco já havia participado de duas outras operações de resgate envolvendo um total de 105 pessoas que foram transferidas para outro navio, Sea-Watch 4, informou o The Guardian.
Banksy, cujo envolvimento na operação se limita a fornecer financiamento de acordo com a reportagem, tem destacado os refugiados e a imigração em seu trabalho.
O artista nascido em Bristol, que mantém sua identidade em segredo, é conhecido por seu grafite político ou social com obras em cidades ao redor do mundo. No ano passado, uma de suas pinturas representando primatas sentados no Parlamento britânico foi vendida por mais de 12 milhões de dólares em um leilão.

DESTAK EDITORA S.A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização expressa. Copyright – Termos de uso