Menu

Versão
impressa

Edição impressa
Menu
Busca

Música

Bob Dylan apresenta ‘False Prophet’

Além da canção inédita, cantor deu uma prévia sobre novo álbum que faz alusão ao cansaço existencial e a vida espiritual

09.05.20 9:40

Bob Dylan em Imagem de arquivo.  (Landmark | MediaPunch | IPX)

Bob Dylan em Imagem de arquivo. (Landmark | MediaPunch | IPX)

O cantor-compositor, escritor, ator, pintor e artista visual norte-americano, Bob Dylan, apresentou nesta semana seu novo álbum após um hiato de oito anos. Segundo comunicado em seu site oficial, a coleção denominada “Rough and Rowdy Ways”, sairá no dia 19 de junho. Será um álbum duplo, mas nenhum outro detalhe foi divulgado.
Enquanto isso, Dylan compartilhou a terceira faixa do projeto, a arrogante e pesada “False Prophet”, que acompanha "Murder Most Foul". "Eu não sou um falso profeta", Dylan reclama em meio ao groove de strip-tease e blues, alimentado por um riff de violão imundo. "Eu apenas sei o que sei."
A canção fala sobre o cansaço existencial, revelações descaradas e alusões espirituais. Nela, Dylan aborda o budismo zen quando fala sobre “escalar uma montanha de espadas com os pés descalços”. Ele também cita Martin Luther, diz a um “pobre diabo” para olhar a “cidade de Deus” no topo da montanha e, por fim, canta casualmente: "Não me lembro quando nasci / e esqueci quando morri.”
Seu último álbum com músicas novas de Dylan foi Tempest, de 2012. Rough and Rowdy Ways será seu 39º trabalho de estúdio, chegando às lojas 57 anos após seu primeiro LP.

DESTAK EDITORA S.A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização expressa. Copyright – Termos de uso