Menu

Versão
impressa

Edição impressa
Menu
Busca

Coronavírus

Estaduais de São Paulo e do Rio de Janeiro devem ser paralisados

Federações realizam reuniões na manhã desta segunda (16) para adotar medidas de prevenção ao contágio do covid-19

16.03.20 3:00 Modificado em: 16.03.20 0:42

Flamengo e Portuguesa-RJ se enfrentaram o último sábado (14) sem público no Maracanã / Paula Reis/Flamengo

Flamengo e Portuguesa-RJ se enfrentaram o último sábado (14) sem público no Maracanã / Paula Reis/Flamengo

Após um final de semana de partidas com portões fechados pelo Brasil, por conta da pandemia de coronavírus, a FPF (Federação Paulista de Futebol) e a Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) terão reuniões na manhã de hoje para discutir medidas em relação às próximas rodadas dos estaduais.
Em pauta, estará a suspensão do Paulista e do Carioca. Em comunicado, a Ferj admitiu a possibilidade de paralisar o campeonato local até o próximo dia 26. Na última sexta-feira, o ministério do Esporte divulgou recomendações para a prevenção do contágio pelo covid-19, como o adiamento ou cancelamento de eventos esportivos.
A decisão de não paralisar os estaduais já neste final de semana irritou jogadores e treinadores. O zagueiro Leandro Castán, do Vasco, criticou Wilson Witzel nas redes sociais. O governador do Rio de Janeiro justificou a realização das partidas como “um risco dos atletas”.
No Flamengo, um vice-presidente e uma funcionária foram diagnosticados com Covid-19 e, mesmo assim, a equipe teve que entrar em campo no sábado.
“Acho que vai ter que parar a próxima rodada. Eu penso que não pode haver jogos do estadual. Os jogadores não são super-homens.”, disse Jorge Jesus, que tem um amigo  hospitalizado em estado grave em Portugal.

DESTAK EDITORA S.A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização expressa. Copyright – Termos de uso