Menu

Versão
impressa

Edição impressa
Menu
Busca

Economia

Dólar marca novo recorde e chega a R$ 5,20

Na manhã desta quarta-feira, a moeda norte-americana subiu 3,76%

18.03.20 10:28

Especialista explica que o mercado passa por uma 'aversão ao risco generalizada' (Folhapress)

Especialista explica que o mercado passa por uma 'aversão ao risco generalizada' (Folhapress)

Após fechar segunda-feira e terça-feira, pela primeira vez na história, acima dos R$ 5, o dólar voltou a renovar máxima nesta quarta-feira (18). 
A moeda norte-americana quebrou o recorde intradiário ao bater R$ 5,20 após o anúncio sobre a nova taxa básica de juros no Brasil, que será divulgada hoje, às 18h, e a decisão do governo de pedir reconhecimento do Congresso Nacional sobre o estado de calamidade pública pela crise causada pelo novo coronavírus. 
Perto das 10h, a moeda norte-americana subiu 3,76%, batendo 5,1938. A máxima foi de R$ 5,2058. 
Segundo Ernani Reis, analista da Capital Research, as ações do Banco Central tentam “garantir a manutenção do câmbio e não para baixar a moeda americana, o que faz todo sentido neste momento”.
O especialista explica que o mercado passa por uma “aversão ao risco generalizada” devido a pandemia de coronavírus, o que acentua significativamente a imprevisibilidade do movimento dos ativos e do câmbio.
 

DESTAK EDITORA S.A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização expressa. Copyright – Termos de uso